domingo, 23 de agosto de 2015

EU NÃO QUERO MAIS ASSISTIR GOD EATER


Há um tempinho, minha relação com God Eater já começava a se esvair. Cada episódio parecia mais uma tortura do que diversão pra mim. Eu me sentia com obrigação de assistir, como se alguém estivesse com uma arma apontada à minha cabeça para assistir. Porém, finalmente larguei esse anime de mão.

Não quero ser hater, mas sinceramente, esse anime é muito ruim. Pode ter funcionado como um jogo (nunca joguei), mas definitivamente não funcionou como um anime. Nem história esse troço tem. Só é um bando de kids balançando espadas e armas gigantes no maior estilo shounen. Nem a opening é boa, só a animação que é interessante. 

Nem as batalhas, que são sempre os focos dos shounens, são boas. Sempre sem graça e sem emoção. Pra mim já deu. Não quero God Eater nunca mais. CHEGA! Já dei chances demais, até as vezes eu me convencia a continuar, mas não quero mais. Juntar-me-ei com a Ludmilla e cantarei o maior hit do verão: "Não quero mais".


Gente eu não entendo como alguém gosta disso. É muito ruim, não tem nada de atrativo. É basicamente um perda de tempo assistir 24 min. de um a atrocidade dessas. É muito melhor procurar uma coisa mais produtiva pra fazer durante esse tempo, como estudar, beijar na boca (ou treinar na laranja pra quem como eu não tem a crush), comer, sei lá, isso é muito ruim! Chega!

sábado, 8 de agosto de 2015

Gangsta. 41,6%



"Na cidade de Ergastulum, uma vila sombria preenchida com homens feitos e pequenos ladrões, prostitutas em pontos e policiais em ativa, acontecem crimes muito sujos, mesmo para seus habitantes que já estão cansados presenciar outros crimes. Lá existe os "handymen", Nic e Worick, que cuidam dos trabalhos que ninguém mais faz. Um novo grupo tenta entrar em seu bloco e os policiais os recrutam para eliminar os novatos sem perguntas. Porém há uma testemunha do massacre que eles se recusam a matar, então eles decidem levá-la para sua casa."
My Anime List



Como já disse no outro texto, estou acompanhando Gangsta. nessa temporada, mas, como com vários outros animes, não estava acompanhando semanalmente. Vi o primeiro episódio no dia de estréia e fiquei duas semanas sem assisti-lo. Depois desse hiato, fui ao segundo episódio. Resultado: não estava entendendo nada do que estava acontecendo, logo, fui assistir o primeiro episódio novamente. Várias coisas foram esclarecidas, eu achava que Nic não falava porque era estrangeiro, olha só que burro!

Enfim, no início do segundo episódio somos apresentados à Nina. Quantos anos essa bichinha tem? Tão novinha e já tá acostumada com os acontecimentos da vila. Não só ela, mas como todos os moradores já aceitam a corrupção em Ergastulum. 



Os "handymen" são uma espécie de "Pereirão", igual daquela novela "Fina Estampa" só que eles matam. Eles aceitam qualquer trabalho, ganham a vida assim. Até se corrompem. Vão desde bater em baderneiros até matar líderes de gangues. Quem não contrataria? Até policiais os contratam, no primeiro episódio mesmo, aquele tira os contratou para matar o namorado daquela prostituta Alex.

Falando em Alex, já vou colocar um problema que encontrei no plot. O que ela adiciona na história? Cinco episódios já passaram e ela não fez diferença nenhuma. Se ela não existisse o anime continuaria da mesma forma que está.

A história vai se desenvolvendo com esse sistema de quests, são chamados para algo, e um pouquinho da história é desenvolvido.

Os personagens são muito carismáticos. Worick é o que mais tem screentime, ele é divertido e bem-relacionado com as mulheres, se é que você me entende. Todavia, para mim, quem rouba a cena é o Nic. Ele é único. Nenhum anime que conheço coloca como um dos personagens principais um surdo badass. Toda vez que ele entra em ação é tipo Wow. E a amizade dos dois é muito forte, mesmo Nic tendo matado os pais de Wallace (Worick).

BAN-DI-DA

By the way, o anime nos revela que Worick era rico, teve seus pais assassinados por Nic, fugiu com Nicolas e virou um Gigolô com quatorze anos. Que plot twist na vida, hm! Além disso tudo, o kakugan azul dele o dá habilidade de ler dezenas de páginas em menos de um segundo, e ainda aprende o que leu! Que menino!

Meio Tumblr
Sobre Nicolas as únicas coisas que foram reveladas é que era guarda-costas de Wallace Angelo e é um Twilight que fica com overdose com as drogas que aumentam a habilidade física dele. Ele não escuta porque algum dos seus pais tomou uma droga que não lembro o nome na época da segunda guerra mundial que melhorava a performance física, trazendo esses efeitos colaterais nele.

A história é boa, já sei que vai ser mais um mangá pra eu ler. Pra quem não gostava de ler mangá, eu estou lendo muita coisa.

A opening é boa e gruda na cabeça, a arte dela me lembra da segunda opening de Psycho Pass. Chegamos à um ponto fraco no anime novamente, a arte. Tudo é cinzento nesse anime. Já quero deixar claro que não queria um anime todo colorido, estilo moe com personagens com orelhinhas de coelho na cabeça, mas o visual parece que é de um anime velho. Sempre me lembro de Monster quando estou assistindo, tudo contrastando mas com pouca saturação.


Voltando aos personagens. Como falei, achei que Worick parecia com o Big Boss, e agora, no quinto episódio com a apresentação de Gina, lembrei novamente de MGS. Quando ela apareceu na tela eu me perguntei: "Boss, é você?" Parece muito com a Boss da série MGS, muito mesmo. E ainda apareceu aquela Ginger que parece mais o Grell de Kuroshitsuji. Daqui a pouco brota um personagem com cara de Ciel ou Raiden (porém já temos um personagem que usa espada, né?).


Bom, ainda faltam algumas semanas para o anime terminar. Ainda há várias coisas para acontecer visto que o mangá ainda está sendo publicado. Espero que façam mais uso da Alex, porque se for pra ela ficar sem fazer nada, preferia que ela ficasse no ponto dela mesmo.

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Novo trailer de Final Fantasy XV "Dawn" às 4 h da manhã!

Peguei este gif no site Novacrystallis


Finalmente um trailer relacionado à história! Gameplay e vastidão de cenários são legais, mas já estava com saudades de frequentar fóruns para discutir a história de um novo FF ao ver um trailer novo. Lembro que na época que XIII-2 estava para ser lançado, eu vivia no UOL Jogos vendo um fórum que o pessoal discutia o que poderia vir na história. Gold times...

A conta do twitter de FFXV postou um pequeno video, que foi convertido em gif pelo Novacrystallis.

Primeiro aparece o cachorro. Só de ver ele já sinto aquele vibe de MGSV. Quando o vi pensei: Diamond Dog! Julgando pelos soldados um pouco atrás na cena, esse cachorro não é um aliado. Provavelmente é um daqueles cachorros usados pra farejar alguém, tipo de filmes de polícia. Talvez ele esteja farejando Regis.

Depois temos uma cena de Noctis e o rei Regis, uma versão daquela artwork dos dois. Isso só pra entrar no clima de dia dos pais.





Na última cena aparece um monstro (?) no céu, o que seria isso? Um summon? Já que há teorias de que cada cidade tem seus summons que as protegem, esse pode ser um summon protetor.

Bom, dei uma olhadinha no FF Wiki, e o summon que eu acho que se encaixa mais no trailer é Garuda. Segundo o wiki, o elemento dela é o vento, e o que me levou a pensar que o summon possa ter preferência por vento foi que a cena estava nublada - julguem-me.


Talvez possa ser Bahamut, mas como disse, estava tudo nublado, e sabemos que Bahamut meche com fogo.


Minha teoria é que quando Noctis era criança, Lucis já foi atacada, mas prevaleceu. Porém, depois de crescido, Nilfheim invade novamente com mais força, deixando uma guerra crítica enquanto Noctis não está presente (episode Deuscae rolando). Resultado: Regis é assassinado, Imsonia tomada e Luna não morreu, é uma espiã.